terça-feira, 23 de agosto de 2016

Shuu ~ Ecstasy 3



Yui: Imagino se está quantidade de Guarnição esta bom. Ja esta tarde...
Esta... Carne, esta carne... aqui.
( Como Shuu gosta.... Ah, esta parece fresca.)

[Mudança de cena]
Yui: Bem ja esta feito!
( De repente me lembrei do jantar, e comecei a pensar o que seria bom fazer. Imagino se ficou saboroso.)
( De algum jeito não parece estar muito bem.... mas ja esta tarde)

Reiji: Você...? O que esta fazendo agora a meia-noite?
Yui: Ah, Reiji-san.
Shuu me disse que estava com fome, assim eu pensei em fazer o jantar.
Reiji: .... Não tens que mexer um dedo para esse homem. E em primeiro lugar, nos não precisamos de comida humana.
Yui: Mas Shuu disse que queria comer-la.
Reiji: ...Sinceramente, que desagradável.
Yui: Desagradável... O que quer dizer?
Reiji: Tudo o que esta acontecendo agora mesmo diante de meus olhos.
[ som de chicote]
Yui: Kya!!
[ Prato quebra]
Yui: Ah... me custou tanto fazer...! O que você esta fazendo?
Reiji: Não precisa levar comida para esse Zangão. Mas o que é isso, devia deixa de ter contato com Shuu.
Yui: O que você acabou de falar?
Reiji: Escuta o que eu falo, eu falo pelo teu próprio bem.

1. Não quero [certa]
2. Mas

Yui: Não quero.
Reiji: Você não conhece a natureza desse homem. Melhor tomar cuidado com esse instinto maternal por Shuu, so estou te avisando.
Coitadinha... Se tivesse vindo comigo desde do inicio, teria resolvido essa lavagem cerebral.
Yui: O que você esta falando?
Eu... estou do lado de Shuu, por minha vontade.
( Isso é certo. Digam o que quiserem, eu decidi ficar ao lado dele por mim mesma...)
( Não vale o esforço de escutar essa pessoa!)
Reiji: Você também é bastante obstinada, Te falei porque se não admitir não poderá escapar dele.
Yui: Eu escolhi estar ao lado de Shuu, Ele não está...
Quero ficar ao seu lado. Por favor não fale coisas tão egoístas.
Ja chega. Boa noite, Reiji-san.
[ Passos]
Reiji: Espera. Entretanto eu ainda não terminei de falar...

[ No quarto de Shuu]
Yui: ... E foi assim, e o jantar foi desperdiçado. Me desculpe Shuu.
Shuu: Hum.... Esse Reiji, tão intrometido como sempre.
Yui: Me custou tanto fazer algo delicioso, e caiu tudo no chão...
Não e como seu eu pudesse recolher. Eu teria que fazer outra vez.
Shuu: Sim, assim é. De todos os jeitos, agora Reiji provavelmente recolheu e comeu.
Yui: *Batimento do coração*
Sim... Pode ser...
Arratando-se pelo chão, que aparência mais indigna para comer.
( Nn!!... O que foi isto...! Outra vez.. Meu coração esta estranho.)
[Batimento forte]
Yui: Hahaha, so de imaginar é encantador... Quero pisar em sua cabeça.
( Não consigo não falar...)
Shuu: Que mulher mais assustadora, Mas tudo bem, eu também quero pisar em sua cabeça até que saia o cérebro.
Yui: Sim... Ei, Realmente odeia Reiji-san, não é?
Além do Reiji-san, ódio é um sentimento incomodo...
Somente para essa pessoa, eu sinto uma clara hostilidade.
Shuu: ... Entendo... Poder ser que seja assim...
[Suspiro]
Yui: .... Em que... você esta pensando?
Shuu: ... Ei.
Yui: O que?
Shuu: Você... Até aonde pensa em se envolver comigo.
Yui: Eh?
Shuu: Se quer viver... Não alcance minha alma.
Se agarre aos prazeres da carne. De outro modo... Não sei o que pode acontecer.
Yui: Shuu...
Shuu: ...nn
Qual é tua intenção?
Yui: Quem sabe... Me pergunto qual...
Shuu: Hum?
Yui: Não sei... Mas agora ja não quero fugir de você.
Ao contrario ... Eu sinto que seu eu não estiver do seu lado.
Olhe... desse jeito...
Shuu: ... O que está fazendo?
Yui: Desse jeito, posso ouvir bem o seu coração.
Se escuto as batidas do seu coração, de algum jeito me tranquilizo.
Por isso, se estou com você, me sinto bem...
Shuu: ... Que mulher mais estranha.
Yui: Sim...
( Para mim mesma, é estranho... mas)
( Se escuto as batidas do coração de Shuu... fico tranquila)

Notas:
Guarnição: Alimento que enfeita um prato ou um drink. Um conjunto de.

Nenhum comentário:

Postar um comentário