quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Reiji Maniac Prólogo


Reiji: Fufu ... O que está errado? Você parece espantada.
Reiji: eu tive a minha mãe morta por seu pai-- Você não acha que é uma história divertida?
Yui: ... Por que ...
Reiji: Independentemente do que se tratava, a razão , não importa, não é? De qualquer maneira, a história não está terminada.
Yui: Eh ...
Reiji: Usando suas esplêndidas habilidades, o seu pai de forma eficiente cuidou de minha mãe.
Reiji: Então, nos poucos minutos antes que a pessoa deixasse de respirar ... Eu fiz meu caminho para aquele lugar.
Yui: ...
Reiji: Quando cheguei, o seu pai já tinha saído
Reiji: a respiração da minha mãe já ia ficando ainda mais fraca.

[flashback]
Beatrix: .........
Beatrix: ...?
Reiji: ...
Beatrix: ... Reiji ...
Reiji: ...
Beatrix: * tosse * ... Eu ... vejo ... Isto foi sua iniciativa ... não foi? ...
Reiji: ......
Beatrix: ... fu ... fu. De fato. Finalmente eu fui capaz ... de ... testemunhar sua capacidade.
Reiji: ...?
Beatrix: Eu ... sempre pensei ... que você ... seria o único ... para me ... matar ...
Reiji: ...
Beatrix: ... Eu estou ... satisfeita ...
Beatrix: ... obri ... ga ... da.
Reiji: ... O qu- ...
Reiji: ... Em seu momento final ... ela morre sorrindo? Isso é ... imperdoável.
Reiji: ... Eu não vou permitir isso. Não tenho a intenção de dar-lhe uma morte pacífica, Mãe ...
Reiji: Isso é algo que eu simplesmente não permitirei ...
Reiji: ... Eu não vou deixar você.
[Fim do flashback]

Yui: ... Que terrível ...
Yui: (A pessoa que matou a mãe de Reiji-san é o meu pai, que é um caçador de vampiros ...)
Yui: (E quem instigou essa morte foi Reiji-san ... Isso tem que ser uma mentira, certo porquê?)
Yui: (Ter sua mãe assassinada ... Por que ele faria algo assim ...)
Reiji: Fufu ... Você parece muito pálida. Você achou essa história insatisfatória?
Yui: Eu ... não quero ouvir essa história.
Reiji: Ora ora. Você está dizendo que está descontente, embora eu graciosamente tive o trabalho de dizer isso para você?
Reiji: Você certamente é rude.
Yui: Mas ... com um conto horrível, tem que ser uma mentira ... certo? Por favor, me diga que é apenas uma história que você fez, Reiji-san.
Reiji: Porque que eu iria me incomodar com a criação de uma história apenas para os gostos de alguém como você?
Reiji: Você se acha digna de mim desperdiçar tal tempo e esforço?
Yui: ...
Reiji: Ah, sim ... Há realmente mais dessa história.
Yui: Mais?
Reiji: Realmente. ... Essa mulher provavelmente tem a intenção de fazer-me de tolo, morrendo com um sorriso.
Yui: (fazer ele de tolo ... é ... realmente como é?)
Yui: (Tanto quanto eu posso dizer depois de ouvir essa história, ele não parece como o tipo de pessoa para fazer isso ...)
Reiji: É por isso que eu vim a uma decisão.
Reiji: Da próxima vez, eu vou ter certeza de que ela sofra por todos os tipos de agonia quando eu matá-la.
Yui: ... hein?
Yui: Você está dizendo "próxima vez", mas ... Reiji-san, sua mãe já está ...
Reiji: ... Fufu. Com isso, a história chega ao fim. Qual é a sua impressão?
Yui: ...
Yui: ( não tenho certeza do que pensar ... Tudo isso são apenas coisas que não posso me fazer a acreditar.)
Yui: ( matricídio cometido por Reiji-san?)
Yui: (Meu pai é, aparentemente, um caçador de vampiros?)
Yui: ( Eu ...!? não sei de nada! Apenas o que está acontecendo ...)
Reiji: Parece que você está tão perdida que você ficou sem palavras. ... Fufu, esplêndida.
Reiji: Eu gostaria de ver mais de uma tal expressão de você.
Yui: ... Reiji-san ...
Yui: (Não me diga que ele me contou essa história apenas para essa finalidade ...)
Reiji: De agora em diante, vou dar-lhe mais coisas para se sentir confusa.
Reiji: Fufu ... Por favor, espere ansiosamente por isso.

AutoraAngel Lili

Nenhum comentário:

Postar um comentário